Home / Innocent / KYODAI POST #017 (2017) – イノサン [FIM]

KYODAI POST #017 (2017) – イノサン [FIM]

Mais um projeto finalizado…

Desta vez, quem faz sua despedida é Innocent, mangá escrito e desenhado por Sakamoto Shinichi, que começou a ser publicado em 2013 nas páginas da Young Jump.

Eu lembro como se fosse hoje, baixei a raw da revista (em péssima qualidade diga-se de passagem), conferi o primeiro capítulo e confesso que me surpreendi MUITO, algo como “que porra de arte fantástica é essa” passou pela minha cabeça e eu senti que precisava ler aquilo. Algum tempo depois o mangá foi lançado em inglês pela Utopia Scanlations que foi um pessoal que tive a oportunidade de conversar e eles me ajudaram muito com as edições, assim como a Hi wa Mata Noboru que assumiu o projeto no volume 6 se não me falha a memória.

Também agradeço de coração a todos que participaram desse projeto, principalmente ao meu grande amigo Madao que traduziu mais da metade do mangá, ao Alex Porto que ajudou muito com o type e também as scans já mencionadas acima. Também sou grato aos leitores que nos acompanharam até aqui e tiveram paciência, porque esse foi um mangá que teve alguns hiatos por aqui hehehe.

Enfim, essa é uma obra que vai marcar a scan, tanto pelo grau de dificuldade (principalmente da edição), quanto pela pequena aula de história que a mesma nos proporcionou.

Fiquem com o último volume e logo abaixo com o VOMIC do primeiro capítulo! Esse é um mangá que merecia uma adaptação em anime!

Capítulo 299- [Download] | [Online]

Feito em parceria com a Comic Space

Volume 09 – [Todos os Volumes] | [Online] 

About Gah

ADMINISTRADOR/EDITOR - DESDE 2013
  • caosap

    ai sim :3 ~ mais uma pra mim termina de ler 😀 valeu galerus

  • Obrigado por Innocent e parabéns por finalizarem a primeira parte da obra. Agora que ela esta finalizada irei retomar a leitura que parei por volta do capitulo 50.

    Bem, espero que vocês façam a segunda parte mas se não estiverem interessados espero que outra scan continue o projeto.

  • André Neto

    Valeu pelos capítulos que finalizaram este excelente mangá.
    Em relação a um anime, nunca vai ter e se tivesse iriam retalhar a história com as censuras habituais.

  • Obrigado por innocent, incrível do começo ao fim.

    ps: seria bacana se vocês pegassem innocent rogue também e-e

  • Madao

    Ae :DDDD

    Depois de peitinhos, cabeças decepadas e da hemorroida do rei Luís Augusto, essa primeira parte de Innocent chega ao fim, terminando uns 10 anos antes da Revolução Francesa de fato, onde as tensões políticas e sociais já começavam a se intensificar, mostrando que uma revolução pode ser causada tanto pela insatisfação do povo quanto pelo fato de você não falar com a amante do rei.

    Enfim, como o autor buscou demonstrar muitas das questões que a Revolução Francesa envolveu, ele teve que dar uma boa pesquisada junto com os assistentes dele (conforme ele dá os devidos créditos no último cap), e isso torna a tradução um pouco mais trabalhosa também porque o tradutor tem que buscar todas as referências que o autor colocou na história, mas é um mangá gratificante de se traduzir e, principalmente pra quem gosta de Revolução Francesa, é uma obra bem recomendável. Até porque em Innocent será mostrado de forma mais “honesta” o lado sujo da França, incluindo as torturas, os pedófilos e etc (coisas que o seu professor de história na escola provavelmente não te falou, ou evitou falar com você xD).

    Obrigado a todos que acompanharam a obra até aqui.
    Boa leitura o/

  • 🔥Sнαωкαηg🔥

    Foi-se mais um, bom trabalho^^

  • Obrigado pela conclusão de Innocent!
    Um mangá excelente com uma arte fantástica.
    Tô torcendo para alguma scan pegar a parte 2 para traduzir.

  • BloodKnight

    Muito obrigado Gah, Madao e Alex Porto pelo volume de Innocent e parabéns pela conclusão do projeto……………………..=D

  • †akezo

    Grato por esse mangá muito melhor que aquele Kokou No Hito que o povo baixa as calças.

  • Rafael Gonçalves

    Poderiam disponibilizar todos cap/vol para download? No box nao estam todos

    • Gah

      Acabei de atualizar o post com todos os volumes.

  • Jorge Miguel

    Vlw demais :)))))))))))))))))))))))))))

  • BloodKnight

    Agradecendo também à Nolly-chan e Cloud pelo capítulo de TGoHS…………………=D

  • Obrigadão por mais um manga finalizado meus agradecimentos a todos que trabalharam nele

  • Caralho, eu quase esqueci de comentar essa publicação! Que semana corrida eu tive. Mas vamos lá, antes tarde do que nunca!

    Primeiramente eu gostaria de agradecer pela iniciativa de vocês em traduzir esse mangá que é de uma dificuldade e particularidade únicas. É muito difícil editar uma obra com tantos detalhes e com uma arte tão impecável, sem comprometer a qualidade técnica da arte do autor no processo de edição.

    Sem falar na dificuldade de traduzir e pesquisar as referências, como já foi comentado por vocês. Há um contexto histórico e várias referências à eventos que se sucederam na Europa, sem um link com eles o enredo pode se tornar desconexo para o leitor (que não entenderia a referência e ficaria boiando). Logo, esse é um segundo trabalho muito árduo de quem traduz/edita/revisa.

    Eu gostaria de agradecê-los por isso, então. Equipe Kyodai: muito obrigado! Vocês desempenharam um papel excelente com a tradução e edição de Innocent.

    A respeito da minha impressão sobre a obra, eu comecei a acompanhá-la logo em seu início. Sabe lá há quanto tempo atrás. Eu me apaixonei pela temática única, pela arte impecável, pelas referências, pelo enredo autêntico. Foi incrível acompanhar, hiato após hiato (fã de hunterxhunter nem sofre por causa disso, hahahahahahaha), o retorno de Innocent e me deliciar com cada capítulo novo.

    Eu particularmente não apreciei o caminho do final da história. Achei o enredo, no todo, bem desenvolvido e com um desfecho interessante, mas não apreciei a inserção de um “primeiro amor” de Marie e nem o contexto incrivelmente forçado de sua morte. Achei tudo isso muito ruim e muito clichê – divergindo de toda a autenticidade e originalidade que a obra vinha apresentando. Trazer questões escusas (como pedofilia, corrupção, etc. etc.) do estilo de vida francesa foi muito rico, mas cair no clichê da “mulher a apaixonada que perde o primeiro amor” foi estúpido.

    Charles para mim foi, ao mesmo tempo, uma decepção e uma surpresa. Ele era uma criança afeminada, que percebia o mundo de forma delicada e gentil, mas ao transar com uma mulher, transformou-se em um lobo. O autor trouxe algumas questões sobre a natureza do “homem” (pensar com a cabeça de baixo HEUEHEUHEUHEHU), muito interessantes. Mas não esperava que ele se distorcesse tanto. Para mim, ele continuou sendo aquela criança, mas corrompida pelos vários traumas que passou na infância – quase um Kaneki. Percebe-se essa acentuada distorção quando ele passa a torturar o seu “amado” filho…

    Enfim, achei que foi uma obra muito rica, interessante, legal – cujo destaque era a arte impecável e os traços de seu autor. Mas que falhou em sua conclusão – mas eu gostei dela no todo, ainda assim!

    Enfim, é isso. Reitero meu agradecimento à equipe! E fico na torcida de um dia vocês pegarem a segunda parte desse excelente mangá (que se precisarem de doações para compra da raw dele, tamo aí).

  • Febaxmann

    Parabéns por finalizarem Innocent galera ^^

    E vlws pelo cap de Highschool o

    Abraçso

x

Check Also

KYODAI POST #024 (2017) – GAIATO

SENGOKU YOUKO E THE GOD OF HIGH SCHOOL ADICIONADOS AO POST.